EXTRANET

Nestes artigos irei apresentar ideias, conceitos e noções que espero que sejam uma mais valia para quem lê. 

Poderia iniciar o artigo de uma forma lógica e em crescendo, mas pretendo que o leitor fique com algumas abertas de forma abrir a curiosidade para o tema e para o local onde estes artigos irão estar presentes. Espero que consiga dar o Sentido prático necessário a estes temas sendo bastante pragmático.

Nos dias de hoje, a informação é fundamental estar disponível a qualquer altura, em qualquer lugar. O mercado é competitivo e as nossas decisões têm de ser cada vez mais rápidas e mais certas.

É nesta realidade que surgem, em força, os Sistemas de Informação, apoiados por Tecnologias de Informação.

Um Sistema de Informação (SI) não é mais do que o somatório de Tecnologias de Informação (TI) com Processos bem definidos que poderão passar por formato digital e/ou não. Mas este tema iremos explorar num artigo futuro. Para já, iremos abordar uma das componentes: a EXTRANET.

Uma Extranet tem como objectivo principal ligar inúmeros indivíduos, interna e externamente a uma empresa, a uma aplicação ou plataforma comum, permitindo-lhes disponibilizar/ partilhar informações de uma forma semelhante a uma Intranet. Os utilizadores acedem a uma Extranet da mesma forma que fariam para aceder a um Site Web, com a excepção de que devem passar por procedimentos adicionais de gestão e segurança identificando-se e autenticando seu acesso às operações empresariais internas.

Por se tratar de uma evolução da aplicação dos conceitos de Internet e intranet, uma boa maneira de entender extranets é fazendo-se a seguinte comparação.

GARANTIA DE SEGURANÇA

Uma Extranet pode representar uma porta aberta do sistema empresarial para a Internet, por isso requer segurança e privacidade. A implementação e administração de servidores de firewall, a emissão e uso de certificados digitais ou meios semelhantes de autenticação de utilizadores, a utilização de protocolos seguros de comunicação web, como o HTTPS, a encriptação de mensagens e o uso de redes privadas virtuais (VPNs) garantem a segurança necessária para que uma Extranet consiga desempenhar o seu papel sem colocar a segurança da empresa em perigo.

NEGÓCIOS

As empresas podem usar uma Extranet para implementar uma série de negócios, que podem variar da simples comunicação entre a empresa e os fornecedores, até mesmo um mecanismo de leilão virtual.

A seguir serão listados alguns serviços que estão sendo amplamente utilizados e difundidos em diferentes Extranets ao redor do mundo.


  • Vender produtos e serviços.
  • Acompanhar reclamações.
  • Permitir a realização de pagamentos electrónicos. 
  • Permitir o acompanhamento de pedidos.Integração de processos com vendedores e fornecedores.
  • Trocar grandes volumes de dados usando aplicações WebEDI (Electronic Data Interchange).
  • Partilhar catálogos de produtos exclusivamente com revendedores ou distribuidores.
  • Colaborar com outras empresas em esforços de desenvolvimento em comum.
  • Desenvolver e usar juntamente com outras empresas programas de formação.
  • Partilhar notícias de interesse comum exclusivamente com empresas parceiras.
  • Replicar bases de dados consolidadas entre duas ou mais intranets;

SERVIÇOS

Além de viabilizar negócios na rede, as Extranets podem disponibilizar uma série de serviços e relatórios para facilitar a relação da empresa com seus clientes, fornecedores e colaboradores sendo possível a sua utilização por diferentes departamentos da empresa, entre eles: compras, marketing, TI, produção, etc.. Alguns desses serviços e relatórios podem ser, por exemplo:

 
Notificação de embarque: Mostra um resumo (transportadora, quantidade, peso e etc...) das ordens de compra que estão trânsito;
Relação de Itens Consignados: Mostra um resumo dos itens em consignação, incluindo quantidade ainda em stock (pendente), quantidade consumida (vendida) e quantidade a ser devolvida (que não será utilizada).
 Aviso de Lançamento de Débito: Mostra os lançamentos de débito feitos ao fornecedor relativos a divergências de preços encontradas em notas fiscais do mesmo.
Follow Up de Ordens de Compra Pendentes: Mostra o Follow Up relativo as ordens de compra que ainda estão em aberto.
Lista de Preços: Mostra a lista dos preços vigentes por fornecedor.
Solicitação de Cotação de Preços: Proporciona uma cotação de preços para os itens selecionados com os fornecedores pertinentes. É um leilão inverso, podendo tanto ter lances abertos como fechados.
Stoploss: Resumo com a projeção das encomendas dos próximos doze meses, sendo sempre actualizado a cada novo MRP (Master Resource Planning).
Histórico do Fornecedor;
Ordens de Compra: Publica as ordens de compras geradas para os fornecedores.
Ordens de Compra Programadas: Mostra as ordens de compra que estão programadas para os próximos meses.
Programação de Pagamentos: Mostra a previsão de pagamentos para os próximos meses de acordo com a programação de compra.
Ordens de Compras a Transportar: Mostra as transportadoras uma previsão do que será transportado nos próximos meses, relativo ao que já está programado nas ordens de compra.
Programa de Entregas: Mostra um resumo das entregas previstas para os próximos meses.
Notificação de privacidade: Mostra os termos estipulados para o uso das informações contidas na Extranet.

DESENVOLVIMENTO

Para o desenvolvimento de uma Extranet é necessário um planeamento interno à empresa para a definição de recursos, parcerias, negócios a serem implementados, serviços a serem disponibilizados, requisitos funcionais e não funcionais necessários além de uma análise técnica aprofundada sobre a estrutura de TI existente e a necessária para a implementação de uma Extranet.

A KAMAE RT fornece consultoria para auxiliar em todas as decisões técnicas a serem adoptadas antes, durante e após o desenvolvimento, além de disponibilizar mão de obra capacitada para desenvolver parte ou todo o sistema de informação necessário para viabilização da Extranet.